Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



NA NOITE

Quarta-feira, 27.06.07

A noite é o meu refúgio o mais sagrado

a manta tecida a sonhos que me agasalha

a noite que me distrai dos medos escondidos

em nichos da alma

é neste refúgio tão só meu que passo e repasso

as alegrias e angústias de mais um dia

em película de filme há muito começado

onde nem sempre a estrela brilha ou ilumina os

que perdidamente se encontram

em noites intermináveis

entre o sempre e o nem sempre

surge

a estrela do papel principal

com palavras que na noite têm luz própria,

é nela que me encontro me debato

feroz ou mansamente com os meus sentimentos...

Ah! como me embrulho no silêncio da noite

no intermitente gotejar de uma chuva miudinha

que se encontra comigo hoje

que musicalidade sussurra em mim que empresta

à noite amanheceres indefinidos fragmentos

de felicidade reencontrada

As cores e odores  invadem o meu dia

perco-me em multidão de tudo e nada...mas

a noite é o meu refúgio

a manta que me acolhe e me abraça

embala em sonhos por viver...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por dolce_vita às 22:29

Miúdos Fixes

Segunda-feira, 25.06.07
MIÚDOS FIXES
Miguel, Bruna, Iulian, Diogo, Sandra, Gabriel, Alexandra
Chegámos ao fim de mais um ano lectivo.Cansados? Muito!
Mas a felicidade de eu vos ter conhecido é maior,
ultrapassa tudo.
Entraram na minha vida para ficar, sim, para sempre!
Um professor não ensina, transmite conhecimentos, saberes,
experiências que serão no presente e futuro, em todos os momentos
da vossa vida importantes, para resolverem problemas e saltarem obstáculos.
 Sorrir, até gargalhar quando as lembranças surgirem...
Estou certa que a professora Teresa, marcou muito esta passagem pela escola.
Tenho a certeza que foi, a amiga,a colega, o coração,o carinho, a bruxa,
o raspanete, a cara feia, o sorriso, ou como dizem os colegas do 1º ano 
tão simplesmente...a fada! Lembram-se?
Tanto que é a Professora,tanto!
Eu, a outra professora, que estava algumas vezes aí...
em dia certo, com a saudade em mim, do dia certo...
Mesmo um só dia, o dia certo, senti-me sempre a fazer parte da turma,
dos dias certos.
Muitos dias, foram vocês o meu alento, a minha força, a minha alegria,
e nos dias mais escondidos, sob nuvens espessas e cinzentas,
foram os abraços ternos e apertados, dos dias certos.
Foram o meu Sol.
Miúdos fixes, agradeço por me terem adoptado também, como 
"vossa professora".
Não me esquecerei dos MIÚDOS FIXES que me ofereciam flores, cartas,
desenhos, poemas...um pouco do pão com manteiga, o bolo de laranja
ou chocolate, que a mãe fazia com um sorriso nos lábios e 
uma lágrima no olho, aquela lágrima teimosa de ver o seu menino crescer.
De mim tiveram tudo que sei DAR...o que sei SER.
Ficaremos na memória uns dos outros, eu, não só pelos colares que tanto gostavam
ou o cabelo às cores como me pintavam, mas por todos os momentos que pssámos juntos
mesmo aqueles de aflição,(aferição).
Em mim fica a gratidão,pelo muito que me deram e ensinaram.
Passaram a fazer parte da minha lista de amigos onde também está a professora Teresa
CRESCER É BOM!
COM AMIGOS, MUITO MELHOR.
A professora dos dias certos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por dolce_vita às 00:03

UMA CARTA PARA TI.

Sábado, 23.06.07
Passou tão depressa este ano, não foi, meus pequeninos!?
Os meninos da professora Teresa, que ela tanto gosta e me deixou também gostar ou talvez adoptar,
sim porque ela foi a "mamã", fora de casa,que dava colinho, miminho..sorrisos e abraços
Com ela, deram as mãos às letras.
Cantaram as vogais.
Formaram palavras,
procuradas em livros e jornais.
E os números!
Saíam, lentamente...
Das mãozinhas ainda pequenas,
mas felizes e contentes.
Eu, também aí estive,
a aprender com vocês.
Tanto que me ensinaram...
Que para o ano, volto outra vez.
Como eu gostava de vos ouvir ler...e inventar frases...
contar rebuçados, bolas, colegas...aparecia o número.
Olhar muito atento, até de espanto! Traquina,também.
Que delicia!!
Era o pato,o  gato,o  sapato,
o menino a menina e o cão,
todos juntos numa frase,
formavam um texto, mas que grande confusão!
Traziam na mochila, arranjada com carinho,
pelas mãos abraçadoras,
sonhos para contar...
Sóis e choviscos,
ainda,carros,tazos,bolas para brincar.
jogos para o computador.
Tudo isto!...E lá no fundo , espreitava o pão da manhã,
barrado com a doçura
dos beijos da mamã.
E agora que todos já sabem LER, eu  posso escrever:
Gostei muito de vos conhecer.

Um beijo da "outra" professora

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por dolce_vita às 19:40





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2007

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930